Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2016

Vai uma Melissa ai?

Melissa, não é um calçado, mas um objeto de design que ultrapassa forma e conteúdo chegando à verdadeira mensagem que quer transmitir: a do plástico como opção. Em 1979 introduzida no Mercado brasileiro pela empresa gaúcha Grendene, fundada em 1971 na cidade de Farroupilha, que inicialmente fabricava embalagens plásticas para garrafões de vinho. Os irmãos  Alexandre e Pedro Grendene resolveram investir em calçados Feitos de plásticos, e depois de algumas tentativas de lançamentos, introduziram uma sandália Melissa, que teve como primeiro modelo o Aranha, inspirado nas sandálias Fisherman usadas pelos pescadores da Riviera Francesa, que se revelaram uma ótima inspiração para criar sapatos cheios de estilos
Confesso que não sou muito fã de sandálias de plásticos, mas a nova coleção da Melissa esta mexendo com o meu psicológico! Gente é muita cor, estilos e sem falar no conforto ^^ ai meu core!
Fotos:  FLOX III
STELLAR BOEMIA HUARACHE FLOX V

Mini Resenha: Lápis de olho Branco da Linha Dailus

Lápis de Olho Branco Chumbo da Dailus ^^ Depois de tanto procurar acabei achando um Lápis bom, barato, bonito e simples de usar. É isso mesmo ^.~ O Lápis de Olho da Linha Dailus é super bacana alem de fixar bem nos olhos, não da alergia, é bem hidratante longe daqueles lápis horrorosos secos. O preço varia de R$ 10,00 a R$12,00 reais em qualquer drogaria do povo vocês encontram ......
Foto: Fica a Dica: Lápis Branco Além de iluminar Os Olhos, disfarçar Um Olhar cansado, o branco esfumado no interior canto also E UMA Forma de Ampliar uma área dos Olhos.

GIORGIO ARMANI confirmou suas intenções de não usar peles em qualquer de suas coleções de moda a partir de Outono / Inverno de 2016.

Finalmente uma noticia boa neste mundo! o grupo Armani anunciou nesta terça-feira dia 22, que é oficial, deixará de usar peles de animais em peças de todas as suas marcas.

"O progresso tecnológico dos últimos anos nos permite ter uma série de alternativas a nossa disposição, todas excluindo práticas cruéis e desnecessárias contra animais", declarou o estilista Giorgio Armani.

A decisão foi tomada em parceria com as organizações The Human Society of the United States e Fur Free Alliance após anos de críticas ao grupo de luxo, que inclui Armani Privé, Giorgio Armani, Emporio Armani e Armani Exchange.

A HSUS espera que, com a decisão do Grupo Armani, outras grandes grifes abram mão do uso de peles de animais. "A organização chama a atenção de todos os estilistas que, em nome da liberdade criativa, fecham seus olhos para a crueldade por trás da pele", falou o gerente de engajamento corporativo da The Human Society of the United States ao site "WWD".

Fonte: Mul…